+55 31 9 8904-6028

Uma retrospectiva: 1 ano de nascimento da Editora Luas

4 de novembro de 2020 Posted by admin In Diário de uma Editora

#diáriodeumaeditora1

Agora em novembro de 2020, a Editora Luas completa um ano de vida no mercado editorial, quando trouxemos o primeiro livro “Todas as primaveras em mim”, da Deh Mussullini, inaugurando, com poesia, o eixo “Literatura contemporânea”.

De lá para cá, muita história… mas antes disso também! Comecei a gestar a editora em 2015, quando a energia em mim era de impulso de criação, dentro de um contexto forte, individual e coletivo, feminista. Transformar injustiças, revoltas e ódios em criação, para mudanças em nós e em nosso entorno, não é fácil, nada romântico, nem sempre consciente, mas algo surge, se estamos abertas e atentas para isso, em movimento, como força de desejo e capacidade de materialização, de transmutação.

Minha “preparação” incluiu cursos diversos sobre preparação e revisão de textos, formação de editor; estágio voluntário em editora universitária para aprender na prática – fiz na Editora UFMG, e tive parceiras incríveis (obrigada queridas Lira, Ana e Roberta!), local onde aprendi muito e guardo imenso carinho!; cursos e reuniões do Sebrae sobre planejamento, definições de público, plano de negócios etc. (porém, tenho mais críticas do que coisa boa para falar do Sebrae…); contatos com editoras/es para tirar dúvidas, perguntar sobre seus processos; participação em encontros de editores, mesmo ainda não sendo, para trocas e aprendizagens… Brinco que meu ascendente em capricórnio faz isso comigo: eu preciso fazer cursos e experimentar muito para me “sentir pronta”. E esse sentir não chegou quando decidi convidar a primeira autora para publicar, mas eu fui assim mesmo. E deu certo. Está dando.

Hoje, comemorando este primeiro ano, temos 4 livros publicados: um de poesia contemporânea, dois de teoria sobre sexualidade da mulher/parto/orgasmo e o conceito de Matrística, e iniciamos a Coleção Precursoras, que vai trazer livros reeditados de autoras do século XIX e início do século XX junto com estudo e notas de uma pesquisadora contemporânea; o quinto livro no prelo; dois livros em processo de tradução; e mais quatro projetos de publicação em andamento; e, por fim, a possibilidade de lançarmos um selo infantil. Fizemos uma Chamada Aberta em janeiro de 2020 para recebermos originais de literatura das escritoras: recebemos 1769 arquivos e tivemos 940 participantes! O resultado sairá em dezembro deste ano. Dessa Chamada, publicaremos 2 obras, mas tentaremos publicar mais! Participamos de feiras literárias presenciais e virtuais, expondo e vendendo nossos livros; fizemos lives conversando com convidadas muito especiais (está tudo salvo no Instagram da editora) e tentamos sempre trazer conteúdo interessante, divulgando diferentes projetos de diversas mulheres do universo da escrita e sob a perspectiva feminista.

O tempo todo sigo com muito frio na barriga e imensa alegria de ter como práxis feminista uma editora que trabalha com mulheres e publica exclusivamente escritoras. Sigamos por aqui, com flor e garra, que o segundo ano da Editora Luas está só começando e promete!

Abraços calorosos,

Cecília Castro – Fundadora e Diretora editorial da Editora Luas

Leave a comment